Orquestra Sinfônica realiza concerto na UnB

0
514

Como é de praxe, a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro realizará seus regulares concertos de terça-feira. Dessa vez, a Orquestra resolveu mudar um pouco seu programa, e, dessa forma, aderir às composições austríacas. Trazendo, assim, nomes consagrados da música orquestral internacional para dentro dos corredores da Universidade Nacional.

A apresentação será realizada na terça-feira (04), e terá um programa à moda leste europeu misturado ao latino-americano. Para se ter ideia, o início terá a execução de Margariteña, do compositor venezuelano Inocente Carreño. Após essa magnífica abertura, o concerto passará para a Europa, com o Concerto para Quarteto de Cordas e Orquestra, composta por Louis Spohr. E, para finalizar, o regente venezuelano, Alejandro Orellana, trará junto aos musicistas a Sinfonia nº 1 em Ré Maior, do brilhante Gustav Mahler.

A mistura do leste europeu com a raiz do regente venezuelano. A orquestra regida por este, inclusive, terá uma formação bastante globalizada. O Quarteto Auner, por exemplo, será o assinante dos solos no concerto. Barbara Galante será a representante brasileira com o violino, em parceria com o austríaco Daniel Auner. Além da dupla no violino, Natalia Binkowska estará na viola e o bielorusso Konstantin Zelenin estará no cello.

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro

Com fundação datada de março de 1979, a Orquestra teve como precursor o homem que dá nome ao grupo: Cláudio Santoro. A Orquestra Sinfônica é uma das principais sinfonias do Brasil. Com mais de 30 anos de estrada, já realizou inúmeras apresentações, participações em óperas e acumulou aplausos a cada concerto realizado. Também acompanhou diversos artistas de cena nacional e internacional, como também realizou gravações com programa voltado para a Música Popular Brasileira. Entre elas estão o Sinfonia dos 500 anos e também Clássicos do Samba.

Além de tudo, a Orquestra possui turnês internacionais nas costas (tendo passado por Itália, Portugal, Coreia e Cuba). É, atualmente, dirigida por Claudio Cohen, que também é Maestro da companhia. Em uma ampla atuação no ramo musical, a Orquestra Sinfônica realiza diversas formas de concertos, dos mais variados tipos.  

As informações são do Portal Metropoles, e podem ser conferidas clicando aqui. Para saber mais sobre a Orquestra, visite a página da mesma no site do Governo do Distrito Federal, clicando aqui.

Artigo anteriorOrquestras se unirão para execução de consagrado programa
Próximo artigoProjeto OSPB nos Bairros leva música a toda João Pessoa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here