Orquestra Sinfônica de Bauru completa 12 anos em grande estilo

0
323

Na última quinta-feira (22), a Orquestra Sinfônica de Bauru abriu as portas do Teatro Municipal para comemorações. O objetivo era ecoar os belos sons, propagar bons sentimentos e demonstrar, através da música, a trajetória de mais de uma década da orquestra.

O concerto durou cerca de 60 minutos, foi aberto ao público de maneira gratuita e se propôs a levar a música à população local. Algo que, ao longo dos 12 anos, vinha sendo realizado pelo grupo. A única solicitação eram as doações de produtos de higiene em prol de uma campanha de arrecadação. Os sabonetes, shampoos, pasta de dentes e desodorantes doados foram destinados ao Instituto Paiva. Um trabalho de parceria entre música e solidariedade.

Com 12 anos de paixão, dedicação e fidelidade a música, a Orquestra Sinfônica de Bauru é formada por cerca de 70 músicos. Eles recebem um auxílio da Secretaria Municipal da Cultura, para que haja dedicação ao projeto. A Secretaria também auxilia no sustento da Banda Sinfônica de Bauru. Um projeto de incentivo a arte, a cultura e a música. Os jovens integrantes são talentosos, dinâmicos e ricos em música no corpo.

As novidades junto a comemoração da Orquestra Sinfônica de Bauru

Para a apresentação, foram convidadas crianças do grupo de musicalização infantil. Três, para ser mais exato. Eles estrearam no grupo junto a outros seis jovens. Esse pequeno grupo estreante chegou mostrando a que veio. Executaram uma performance de J S Bach e Wolfgan Amadeus Mozart. Dois dos maiores compositores europeus da história da música.

O repertório da Orquestra Sinfônica de Bauru

Sob regência do Maestro Paulo Marcos Gomes Pereira, a Orquestra fez uma mescla do nacional com o internacional. Executando Mozart, Beethoveen, Tchaikovsky, Pixinguinha, Hans Zimmer, Ennio Morricone e Arturo Márquez, o grupo se destaca pela variabilidade do programa.

Segundo o Maestro Paulo, é importante que haja esse conhecimento de uma gama ampla de artistas. Que Pixinguinha e Zimmer consigam dialogar. Pois música é isso. É a união daquilo que é diferente. Combinados, a genialidade só é multiplicada.

As informações são do Portal JC Net. Para conferir mais matérias do site, basta clicar aqui e acompanhar.

Artigo anteriorOrquestra Petrobrás Sinfônica oficializa lançamento de seu EP “O Clássico é Rock”
Próximo artigoO poder da música: Orquestra de refugiados lota teatros europeus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here