Projeto fotojornalístico busca o resgate das orquestras de Pernambuco

0
470

Intitulado como Orquestras de Pernambuco – Quatro olhares sobre Bandas Históricas, um projeto próspero visa demonstrar a história das empolgantes Orquestras Pernambucanas. Sob liderança da jornalista Pérola Braz, a ideia principal era o registro textual de como essas orquestras se mantém vivas até os dias de hoje. Uma forma de trazer um pouco do espaço musical e literal para os olhos mais distantes do mundo das orquestras pernambucanas.

Para o projeto, Pérola Braz reuniu um total de cinco profissionais da comunicação textual e dois fotógrafos para registros imagéticos. A ideia era a captação de tudo o que envolvia essa resistência das orquestras pernambucanas. Desde o dia 25 de julho, todo o conteúdo elaborado pela excelente equipe pode ser conferido no Site Oficial do Projeto.

O projeto contou com a participação de uma equipe jornalística formada por: Aline Feitosa, Amanda Nascimento, Kalor Pacheco, Renato L e Rodrigo Édipo. Somados aos jornalistas estavam os fotógrafos Beto Figueroa e Hélder Tavares. As equipes realizaram um trabalho de coleta de dados e registros que pudessem ser utilizados. O objetivo era encontrar material que relacionasse as bandas marciais antigas, as fanfarras, os dobrados e as antigas marchas militares.

A justificativa e a motivação para Pérola iniciar o trabalho foi escassez sobre o assunto que não envolvesse como foco o frevo. O motivo, portanto, se deve a exaltar os trabalhos dos maestros e orquestras da capital e interior pernambucano. Trazer um mapeamento, e detectar os trabalhos que têm sido realizados ao longo dos anos.

O projeto contou com o apoio da Funcultura Independente e busca, principalmente, ressuscitar o talento pernambucano para a música orquestral, e abrir os olhos da população para uma arte musical que ainda apresenta pouco incentivo do público. Para mais informações sobre o projeto, o Site Oficial ficará disponibilizado na matéria. Confira o projeto e toda a magia musical que ele envolve.

As informações são do portal JC Online e pode ser conferida no site.

Artigo anteriorConcursos Públicos com inscrições abertas
Próximo artigoConheça o final feliz do violinista do RS que teve seu instrumento furtado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here